Arquivos do Blog

Começa hoje o 4ª seminário e 3ª Feira de Economia Solidária de Paragominas

O 4ª seminário e a 3ª Feira de Economia Solidária de Paragominas começam hoje, 25, e irá até o dia 27 de novembro. O evento é realizado pelo Instituto Popular Amazônico (IPA) e Rede Capim, com o apoio da Cáritas Norte 2 da CNBB do Regional Norte 2 e parceria com o Movimento Amazônico Rural e Urbano (MARU), Conselho das Redes de Economia Solidária da Amazônia, Teatro do Oprimido Popular Amazônico e  Universidade Estadual do Pará (UEPA).

Irão participar da feira 160 pessoas, como expositores e participantes do seminário. Foram cadastrados 20 empreendimentos para exposição dos seus produtos. A expectativa de público é em média de mil pessoas que visitarão a feira nesse período.

Veja a programação: programação feira paragominas

 Por uma economia solidária e sustentável

Os princípios da Economia Solidária podem contribuir com a preservação do meio ambiente para o município de Paragominas, hoje conhecido como município verde. Segundo Waldir Rodrigues, articulador estadual da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), informa que a relação da economia solidária com a preservação da natureza se faz na utilização consciente dos recursos naturais para um desenvolvimento sustentável e solidário.

Waldir Rodrigues apresentará o painel Agricultura Familiar e Cultura (políticas públicas e desafios e perspectivas da economia solidária e popular).

A economia solidária vem se apresentando, nos últimos anos, como inovadora alternativa de geração de trabalho e renda e uma resposta a favor da inclusão social. Compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário.

 3ª Feira de Economia Solidária de Paragominas valoriza cultura popular

Os visitantes e participantes da 4ª Feira de Economia Solidária poderão esperar da noite cultural apresentações de um dos maiores grupos folclóricos do Estado do Pará com reconhecimento nacional, grupo Paranativo. Além dele irão se apresentar os grupos de carimbó Tuyaporanga de Irituia e grupo folclórico de dança e teatro Jucará de Igarapé Miri.

Haverá também exibição do grupo de capoeira, Senzala de Capoeira,  apresentação do Repentista João Batista e do grupo de teatro do Projovem de Ulianópolis.

A Economia Solidária tem como princípio a valorização da cultura local, isso faz parte do processo de inclusão social como forma de integração da comunidade em seu aspecto social, histórico e cultural.

Reunião sobre o projeto Reciclando Vidas realiza planejamento para o segundo semestre de 2011

Nos dias 08 e 09 do mês corrente foi realizado uma reunião da Cáritas de Abaetetuba, Bragança, Paragominas e Regional Norte 2 sobre os avanços, desafios e metas a serem alcançadas para o segundo semestre de 2011 do projeto Reciclando vidas.

O projeto é direcionado a dar uma melhor qualidade de vida aos catadores, retirando-os do lixão. Fornecendo a eles qualificação, formação e sustentabilidade para a criação de grupos, associações e/ou cooperativas, proporcionando a eles inclusão social e cidadania. A iniciativa é da Cáritas Alemã, Cáritas Brasileira e Regional Norte 2 com o apoio da União Europeia.

No primeiro dia de reunião (08) foi feito uma retrospectiva do segundo ano do projeto (2010) nos três municípios. Durante a retrospectiva Cleciana Silva, representante da Cáritas de Paragominas, relata que o projeto alcançou saldos positivos na Cooperativa de Catadores de Materiais recicláveis do município (COOPECAMARE), pois proporcionou aos catadores terem uma maior iniciativa e se autogerirem dentro da cooperativa.

Uma das propostas para o segundo semestre é fazer atividades voltadas para a valorização do trabalho do catador e um levantamento sobre a situação das mulheres catadoras nos municípios abrangidos pelo projeto.

%d blogueiros gostam disto: