Arquivo mensal: dezembro 2011

Cerca de 15 mil pessoas participam de Ato Público em Pernambuco

Cerca de 500 agricultores/as piauienses participam nesta terça 20, em Petrolina/PE, do ato público em defesa dos programas de convivência com o Semiárido. Uma realização da Coordenação Executiva da Articulação no Semi-árido Brasileiro (ASA Brasil), a ação conta com a presença de cerca de 15 mil pessoas entre agricultores e agricultoras e organizações da sociedade civil e parceiros da Asa em todo o Brasil.

A concentração iniciou em Juazeiro/PE seguida de uma caminhada em direção a Petrolina/PE, atravessando o Rio São Francisco e se encerra com depoimentos e falas de agricultores e representantes de Ongs e entidades que fazem parte da ASA na praça da catedral de Petrolina.

Leia mais

Fonte: Assessoria de Imprensa da Asa Brasil

 

PIAJ encerra suas atividades positivamente

Momentos de conquistas e avaliações para vencer os desafios

“Valeu muito a pena, agente se doou desde o mês de julho. Nós olhamos e percebemos que a criança já está integrada, ela sabe o que é o PIAJ, ela diz: eu sou do PIAJ, isso é importante pra mim, aqui eu sou feliz”. É assim que Joênia Nunes refere-se ao desenvolvimento do projeto nesses seis meses que foram realizados as atividades do programa na comunidade São Joaquim.

O projeto patrocinado pela Cáritas Brasileira e Cáritas Suiça proporcionaram as crianças e adolecescentes atendidas pelo PIAJ o significado da palavra respeito, é o que informa a gente da Cáritas de Cametá, e enfatiza “é uma palavra muito forte na boca deles, o respeito: eu tenho respeito pelos meus colegas, professores, pela minha casa, pela minha comunidade em si, que é o meu bairro. Então por esse lado das crianças a experiência foi muito boa.”

Toda criança e adolescente tem o direito à convivência familiar e comunitária

Segundo ela, há alguns desafios que será necessário superar, como o espaço físico onde é realizado as atividades do PIAJ. De acordo com Joênia o local é pequeno para o atendimento das crianças, impedindo que se aumente o número de crianças e adolecescentes, quando na verdade há uma demanda bem maior.

Além do espaço físico, agente da Cáritas da Prelazia de Cametá, frisou que é necessário melhorar, dentro do PIAJ, a relação da família com as crianças e adolecescentes. Outro desafio citado por ela é a evação das crianças, das 180 inscritas no projeto, houve uma evasão de 52 crianças. Para verificar o que ocorreu Joênia informa que em janeiro haverá uma visita domiciliar junto as famílias.

Em sua avaliação, a equipe do PIAJ encerra o primeiro ano positivamente, pois foram alcançados os objetivos do planejamento ao longo dos seis meses “o que a gente planejou pra esse primeiro semestre deu certo, conseguimos fazer as oficinas, conseguimos fazer com que as crianças criassem identidade com o PIAJ.”

Um dia dedicado a elas, as crianças e os adolescentes do PIAJ

“Toda Criança e Adolescente tem o direito de crescer e ser feliz.”

Um dia de criança. Foi assim que o Programa Infância Adolescência e Juventude (PIAJ) realizou a sua confraternização com o encerramento das atividades neste primeiro ano de 2011 na cidade de Cametá, localizado no território do baixo Tocantins do Estado do Pará. A confraternização reuniu as crianças e adolescentes que fazem parte do programa.

Em toda a manhã do último sábado, dia 17, foi realizado uma programação dedicado as crianças do projeto. A confraternização ocorreu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dinorá Tavares, localizada na comunidade São Joaquim.

Toda criança tem o direito à liberdade, ao respeito e à dignidade

Foi um dia dedicado a elas, neste dia as crianças e os adolecentes do PIAJ puderam apresentar o que aprenderam dentro do projeto por meio das oficinas que foram ofertadas, como a apresentação de poemas, danças, atividades esportivas como a capoeira e futebol. Na programação houve também brincadeiras e sorteios com a entregas de prêmios, uma bicicleta e um micro system.

O projeto conta com o apoio da Cáritas Brasileira e da Cáritas Suíça, o programa tem duração de três anos, começou em maio de 2011 e finalizará as suas atividades em maio de 2013. O PIAJ visa à prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Estavam presentes no encerramento do PIAJ Lindomar Silva, Secretário Executivo e Michel Paiva, Agente da Cáritas Regional Norte 2 da CNBB, Alessandra Miranda, Assessora de Direitos Humanos da Cáritas Brasileira, Eraldo Paulino, Assessor da Pastoral da Juventude do Regional Norte 2 da CNBB.

Práticas culturais e esportivas, promovem a cidadania e a solidariedade

Toda criança tem o direito à educação, cultura, esporte e lazer

O PIAJ tem como princípios despertar a cidadania, o respeito, a valorização da família e da solidariedade. E como metodologia para atingir esses fundamentos  foram ofertadas oficinas que promoveu e valorizou a cultura local, como danças de carimbó e a capoeira, práticas esportivas como o voleibol e futebol, alfabetização por meio da oficina de leitura e escrita, artesanato e reciclagem, com base na economia solidária.

As crianças também tiveram um acompanhamento psico-social para se diagnosticar o desepenho da mesma durante as oficinas, esse acompanhamento tem como objetivo melhorar a auto-estima da criança e do adolecescentes, assim como sua relação familiar.

De acordo com Joênia Nunes, agente da Cáritas Diocesana de Cametá, “é perceptível que as crianças estão mais felizes com as oficinas que nós fizemos, além delas fizemos um trabalho de integração coordenado pela assistente social, e com isso elas (crianças) brincam mais, são mais amigas, interagem mais, elas não tinham essa oportunidade”.

As inscrições para cadastro das crianças e adolescentes e seus familiares ocorreu em agosto deste ano. Foram inscritos cerca de 180 crianças e adolescentes da comunidade São Joaquim.

As atividades também envolveram os pais das crianças. Estes participaram de palestras sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e sobre a importância da família no acompanhamento dos filhos em relação às  atividades do PIAJ.

PIAJ encerrou suas atividades no primeiro ano do programa

PIAJCarimbóPIAJCapoeiraCapoeira
Capoeirameninos do time de futebolParticipaçãoDedicaçãoAtenção
Fotos de Eraldo PaulinoFotos de Eraldo PaulinoFotos de Eraldo PaulinoFotos de Eraldo PaulinoFotos de Eraldo PaulinoFotos de Eraldo Paulino
Fotos de Eraldo PaulinoFortalecer a laços familiaresGincanasEntrega dos prêmios

PIAJ- Cametá, um álbum no Flickr.

O Programa Infância Adolescência e Juventude (PIAJ) encerrou suas atividades no sábado, dia 17, na cidade de Cametá
A programação contou com apresentações de dança, capoeira, brincadeira, sorteios com a entrega de prêmios, atividade esportiva como o futebol.
Veja as fotos.

Entrevista do Padre Nelson no Conexão Futura sobre o projeto oleaginosas

A indústria dos cosméticos é uma das que mais crescem atualmente no Brasil. Padre Nelson, idealizador do projeto Oleaginosas explica como essa iniciativa deu certo em Bragança no Pará.

Fonte: Conexão Futura

%d blogueiros gostam disto: